Susto: Deputado Evandro Leitão cai em palanque durante convenção partidária

em

Logo no início da solenidade do PRB no município de Boa Viagem, o parlamentar estadual e outros políticos acabaram despencando em buraco aberto na estrutura de concreto. Não houve feridos graves.


MAGNO FELIPE/DIVULGAÇÃO
O pedetista e mais alguns políticos caíram no buraco. No palanque, haviam aproximadamente 30 pessoas)

O palanque da Associação Atlética Boaviagense, usado para a convenção partidária do PRB nesta sexta, 29, em Boa Viagem, que fica a pouco mais de 200 km de Fortaleza,assustou os políticos e a plateia presentes na cerimônia que oficializava a candidatura de Adriano Silva (PRB) e Ezau Fragoso (PHS) à disputa pelo executivo municipal.

Logo no início da cerimônia, uma parte da estrutura, com aproximadamente 30 pessoas, cedeu e formou uma espécie de cratera. Entre os presentes que acabaram caindo no buraco, estavam o deputado estadual Evandro Leitão (PDT) e o atual prefeito Fernando Assef (PSD). Ninguém ficou gravemente ferido.

"Demos início à cerimônia. Finalizamos o Hino Nacional e, no momento da execução do Municipal, na estrutura de alvenaria de uns três metros, abriu um buraco”, disse ao O POVO Erialdo Costa, radialista e um dos apresentadores da convenção.

Segundo Erialdo, o tumulto demorou apenas alguns minutos e não foi necessário chamar atendimento médico. "Retomamos logo em seguida. Não foi nada grave".

A assessoria de Evandro informou que o parlamentar "sofreu apenas pequenas escoriações em uma das pernas e foi medicado contra dor em um hospital do município". Ela declarou também que o ex-presidente do Ceará Sporting Clube segue durante este fim de semana normalmente com o cronograma de convenções partidárias pelo Interior.

Na tarde deste sábado, o pedetista participa, em Santana do Acaraú, da convenção do PCdoB e no domingo, em Aracati, do encontro partidário do PDT. Nossa equipe não conseguiu contato com o prefeito de Boa Viagem.

O POVO Online

Atualizando a notícia: Ônibus tomba e deixa mortos e feridos na Serra da Ibiapaba

em
REPRODUÇÃO
Ônibus saiu da rodovia

Duas pessoas morreram e pelo menos 28 ficaram feridas em um acidente de ônibus em São Benedito, naSerra da Ibiapaba, na tarde deste sábado, 30, de acordo com informações preliminares da Polícia Militar (PM). O veículo perdeu o controle após a curva do São Cristóvão e tombou na região conhecida como Ladeira da Lapa, saindo da rodovia.
Os feridos foram socorridos à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Benedito e para os hospitais de Sobral. Conforme informações que circula pelo WhatsApp, o ônibus levava jogadores de futebol amador e familiares.

Viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e pelo menos cinco ambulâncias estão no local do acidente. Uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) também foi acionada.

2º acidente com ônibus
Na madrugada deste sábado, um veículo de passeio colidiu frontalmente com um ônibus na BR-116, no município de Milagres, interior do Ceará. Duas pessoas morreram e cinco se encontram gravemente feridas.

Do O POVO Online

TRAGÉDIA: ACIDENTE DE TRÂNSITO NA SERRA DA IBIAPABA ENTRE AS CIDADE DE GRAÇA E SÃO BENEDITO

em




Um grave acidente de trânsito foi registrado na tarde deste sábado (30) na subida da Serra da Ibiapaba, entre as cidades de Graça e São Benedito. Informações dão conta que um ônibus lotado de passageiros capotou e que tem várias pessoas presas às ferragens. Ainda não temos informações de óbitos. Várias equipes do Corpo de Bombeiros, da PRE e do SAMU foram acionados para o local do sinistro.

Mais detalhes a qualquer momento.


Do Sobral 24 horas

Lula recorre à ONU e diz ser perseguido pelo juiz Sérgio Moro

em
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou hoje (28) uma petição ao Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmando ser vítima de violação de direitos humanos em razão das ações da Operação Lava Jato.

Segundo a petição, Lula se diz perseguido pelo juiz Sergio Moro, responsável pela operação na primeira instância, a quem acusa de abuso de poder.

Para a defesa de Lula, a petição é uma resposta aos atos do juiz Sérgio MoroArquivo/Fernando Frazão/Agência Brasil

A defesa de Lula reclamou o que considera “atos ilegais” praticados por Moro, entre eles a gravação e divulgação de conversas privadas dele com advogados e também com a presidenta afastada Dilma Rouseff, além da condução coercitiva para um depoimento no dia 4 de março.

A peça foi protocolada na sede do Comitê, em Genebra, na Suíça. Segundo a defesa, o documento é uma resposta aos atos de Moro, que “não podem ser satisfatoriamente corrigidos na legislação brasileira".

Conforme a petição, Lula pode sofrer violações de direitos humanos e abuso de poder por parte de Moro e dos procuradores da força-tarefa da Lava Jato. Entre as possíveis violações, o documento lista “invasão de privacidade, prisão arbitrária, detenção antes do julgamento, presunção de culpa e incapacidade de afastar um juiz tendencioso”.

No documento, a defesa informou que Lula sempre se submeteu voluntariamente a pedidos de interrogatórios da polícia ou do Ministério Público e que não procura o Comitê Internacional com a pretensão de estar acima da Lei.

"Como um ex-presidente, ele não exerce qualquer função ou detém qualquer privilégio, e sempre auxiliou a polícia e os procuradores quando chamado a prestar esclarecimentos em inquéritos policiais ou outros procedimentos investigatórios", acrescentou o documento.

Parcialidade

Além da declaração de que os atos de Moro foram ilegais, os advogados também pedem a declaração de parcialidade do magistrado e que investigação seja conduzida por um “juiz imparcial”.

“Lula busca uma decisão nesse sentido pelo comitê, na esperança e expectativa de que seus pontos de vista sobre essas queixas não só irão fornecer alguma compensação pela violação de seus direitos, mas vão ajudar os futuros governos na elaboração de leis e procedimentos que possam aprimorar o combate à corrupção, enquanto protegem os direitos básicos dos suspeitos”, destacou a peça.

Na petição, a defesa informou que, em razão da conduta adotada por Moro, Lula teve violado seu direito de presunção de inocência, estando ainda suscetível ser detido e preso a qualquer momento.


Na petição, a defesa informou que, em razão da
conduta de Moro, Lula teve violado o direito
da presunção de inocência
Arquivo/Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

“Esse juiz é conhecido por manter suspeitos da Operação Lava Jato presos por tempo indeterminado, em detenção, até que eles façam delação premiada. Eles não têm direito a habeas corpus ou acesso a um tribunal que decida pela sua soltura, a não ser um ‘tribunal’ composto pelo próprio juiz Moro. Embora o reclamante ainda não tenha sido preso, na qualidade de suspeito declarado ele está vulnerável.”

O documento citou as investigações em torno da suposta propriedade de Lula de um sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, e de um apartamento em Guarujá, no litoral paulista.

O ex-presidente nega as acusações e disse que apoia as investigações desde que sejam feitas de “maneira justa e transparente”.

“Ele [Lula] tem, repetida e enfaticamente, negado que tenha conhecimento, tampouco que tenha aprovado tais crimes ou recebido qualquer dinheiro ou favores como "propina" por ações ou decisões que ele tenha tomado quando presidente do Brasil, ou em qualquer outro momento”, concluiu a petição.

Da Agência Brasil

Ex-aluno de escola de Fortaleza hoje é uma das mentes brilhantes da Nasa

em
Participando do Ciências Sem Fronteiras nos Estados Unidos, foi possível Gabriel se inscrever no Estágio de Verão 2016 Nasa I-2 (FOTO: Arquivo Pessoal
Gabriel Militão Vinhas Lopes, jovem com várias medalhas em olimpíadas no tempo do colégio Ari de Sá, desenvolve na Nasa uma forma de prever o acontecimento de terremotos

Participando do Ciências Sem Fronteiras nos Estados Unidos, foi possível Gabriel se inscrever no Estágio de Verão 2016 Nasa I-2 (FOTO: Arquivo Pessoal)

O ex-aluno do colégio Ari de Sá cursa Engenharia da Computação, está fazendo intercâmbio pelo Ciências Sem Fronteiras e foi uma dos dois brasileiros selecionados para participar de um estágio na Agência Espacial Norte-Americana (Nasa), em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), desde junho.

Gabriel Militão Vinhas Lopes nasceu em Rio Claro, no estado de São Paulo, aos 8 anos se mudou com a família para Fortaleza. Aos 11 anos, Gabriel decidiu participar da Olimpíada Brasileira de Matemática. Foi quando, como ele diz, tomou gosto pela matéria.

Nos próximos seis anos, ele continuou participando de diversas olimpíadas, de matemática e de informática, algumas ganhando medalhas de ouro, outras de bronze e prata. Ao todo, foram 19. “Fiz grandes amigos nas viagens das olimpíadas, era sempre bom reencontrá-los”, afirma o estudante.

Quando concluiu o ensino médio, foi aprovado no curso de Engenharia da Computação na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo. Mais tarde, ingressou no programa Ciências Sem Fronteiras e foi aprovado na Universidade de Cornell, em Nova York (EUA).

Mesmo estudando fora, Gabriel tem boas lembranças de Fortaleza. “Lembro das amizades que levo até hoje e da educação de excelência, marca registrada da cidade”.

Participando do Ciências Sem Fronteiras nos Estados Unidos, foi possível Gabriel se inscrever no Estágio de Verão 2016 Nasa I-2. Em fevereiro, todos os alunos do programa receberam um email do edital de até 5 vagas para o estágio. Na primeira etapa, seriam selecionados 5 alunos para a próxima fase.

O estudante de Engenharia da Computação se inscreveu sem esperança, pois segundo ele a concorrência era grande e com pessoas muito qualificadas. Então, para a surpresa dele, no dia 26 de fevereiro, saiu o resultado com 15 alunos pré-selecionados para a segunda fase.

Gabriel está em um projeto que busca criar um aplicativo sobre terremotos (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ele conta que decidiram selecionar três vezes mais candidatos pelo alto nível dos concorrentes. Gabriel acredita que o que determinou sua seleção foi seu trabalho de iniciação científica que realizou na faculdade e por seus resultados nas olimpíadas.

Na segunda etapa, os candidatos tinham que mandar uma série de documentos, como histórico da universidade, currículo, carta de recomendação e uma carta de motivação. Ele disse que foi bem corrido conseguir tudo em pouco tempo, mas não é difícil achar motivação para um estágio na Nasa. No dia 20 de abril, o resultado foi divulgado.

Gabriel relata que, quando soube que foi aprovado, foi uma situação curiosa, pois estava na aula e não pode comemorar, ficou muito feliz, mas teve que se conter. “Só dei um abraço nos meus amigos e tentei me concentrar”.

O principal desafio do estudante nos Estados Unidos foi cultural, pois as pessoas são muito educadas e receptivas, mas muito mais fechadas que no Brasil. Depois teve que se adaptar ao sistema da universidade americana, que as matérias possuem menos aulas, mas é preciso uma dedicação maior fora da sala de aula.

Já na Nasa, o maior desafio foi a burocracia e a adaptação a rotina de trabalho em um projeto completamente multidisciplinar e com colegas de trabalho de diversos lugares.

Gabriel está em um projeto que busca criar um aplicativo para terremotos. Ele está trabalhando com uma teoria de um cientista da Nasa, de que eventos que antecedem terremotos podem ser detectados na superfície para prever terremotos. O jovem analisa dados do campo magnético da terra para criar um algoritmo que possa determinar com horas de antecedência se um terremoto vai acontecer ou não.

“A experiência de trabalhar em um projeto cientificamente complexo e ao mesmo tempo com um gigantesco potencial de impacto na vida das pessoas certamente irá me ajudar a resolver outros problemas no futuro”.

Gabriel volta para o Brasil em agosto para terminar sua graduação e deseja ficar para contribuir com o desenvolvimento tecnológico e científico do país.

Da Tribuna do Ceará

Arrasador, Fortaleza goleia o América-MG e garante classificação às oitavas de final da Copa do Brasil

em
FOTO: FABIO LIMA / O POVO





















Uma classificação incontestável. Assim foi a vitória do Fortaleza nesta quinta-feira, 28. Empurrado pelos torcedores que compareceram em bom número ao Castelão, o Leão não tomou conhecimento do América-MG, bateu o time mineiro por 4 a 1 e garantiu vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil.

O Tricolor volta a passar para a quarta fase da competição depois de 15 anos. É a primeira vez que o clube chega às oitavas de final da Copa do Brasil desde que o torneio é disputado nos novos moldes, desde 2013.

O primeiro tempo do Fortaleza foi simplesmente arrasador. Um time consciente, que entrou em campo determinado a cumprir a missão de reverter a vantagem do Coelho. Contando com time titular completo, com Éverton, Daniel Sobralense, Juninho e Anselmo formando quarteto ofensivo, o Tricolor esteve bem disposto taticamente e contou com triangulações e intensa movimentação ofensiva para furar o bloqueio do adversário.

Melhor distribuído e mais organizado, não demorou para que a equipe do técnico Marquinhos Santos articulasse boas chances de gol. Aos 24 minutos, já vencia por 2 a 0 - placar que garantia a classificação - com gols de Lima e Daniel Sobralense, o melhor homem em campo.

O terceiro veio com Anselmo, que perdeu ainda duas boas chances de marcar na primeira etapa, que poderia tranquilamente ter terminado com uma maior vantagem leonina.

Ao América-MG, restou um lampejo de ofensividade nos primeiros minutos e uma tentativa após falha da defesa tricolor, que Ricardo Berna fez grande defesa. Isso porque o Fortaleza mostrou equilíbrio, já que além de criar chances de gol, também se portou bem defensivamente.

No segundo tempo, o Tricolor voltou disposto a administrar a vantagem, o que fazia com tranquilidade até os 17 minutos, quando Felipe foi expulso infantilmente após xingar o árbitro.

A partir dali, o América-MG, até então vendido em campo, se animou e diminuiu com Danilo Barcelos, aos 32 minutos. Mas a tensão no Castelão foi dissipada pelo gol de Corrêa, três minutos depois, selando a vaga leonina.

A vitória significa também um importante reforço para os cofres do Leão. Além de assegurar R$ 840 mil de cota, o Tricolor contará também com bilheteria da próxima fase.


Do O POVO Online

10 coisas que revelam que o sistema penitenciário cearense faliu

em
Presos são flagrados acomodados em pátio e usando celulares livremente. (Foto: Reprodução/Whatsapp)

Desde que o Ceará registrou oito rebeliões simultâneas em presídios em maio deste ano, avolumam-se episódios críticos do descontrole no sistema penitenciário. Presídios destruídos, fugas em massa, presidiários mortos, Força Nacional no Estado, uso indiscriminado de celulares no cárcere, ataques a ônibus, delegacias, prédios públicos e a policiais ordenados de dentro dos presídios…

A frequência e intensidade com que o crime avança contra o Estado tem assustado, e cobrado uma mudança de postura radical do Governo, segundo especialistas ouvidos pelo Tribuna do Ceará.

Reunimos os 10 episódios mais graves dos últimos dois meses, que evidenciam que o sistema penitenciário cearense faliu. Além disso, confira 10 soluções que deveriam ser reforçadas ou adotadas, de acordo com especialistas da área.

1) Rebeliões simultâneas

No dia 21 de maio, durante menos de 24 horas de greve dos agentes penitenciários, pelo menos oito presídios no Ceará registraram rebelião, após familiares serem impedidos de entrar para visita semanal.

Enquanto os visitantes bloqueavam estradas e incendiavam pneus, os presos queimavam colchões, destruíram grades e usavam celulares para registrar o caos e se comunicarem com pessoas do lado de fora.

2) Presos mortos

Pelo menos 14 presos morreram durante as rebeliões de maio no Ceará. A Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) afirmou à época que os assassinatos foram decorrentes de conflitos entre os internos.

Durante o fim de semana de rebelião, os presos invadiram alas para matar outros detentos, quebraram celas, armários, cadeiras, grades e queimaram colchões. Vídeos foram compartilhados de dentro dos presídios, com as cenas de horror de presidiários sendo incendiados e mortos.

3) Fuga em massa


Força Nacional foi convocada para conter a crise. (Foto: Reprodução)

Em um único dia, 183 internos do presídio Instituto Penal Professor Olavo Oliveira (IPPOO II) fugiram. A fuga aconteceu no dia 14 de julho. Dois dias depois, apenas 31 haviam sido recapturados.

Uma série de outras fugas tem ocorrido de presídios e delegacias nos últimos meses. A Sejus ainda não tem um balanço geral das fugas nos presídios.

4) Força Nacional no Ceará

Convocada pela primeira vez para conter a crise nos presídios, a tropa da Força Nacional chegou ao Ceará no final de maio, com 120 homens e 20 veículos. No entanto, os militares ficaram menos tempo que o previsto. Um mês depois, eles foram convocados para o treinamento de segurança nos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

A presença da Força Nacional não intimidou os presos e fugas chegaram a ser registradas mesmo com o suporte na segurança. A tropa só havia sido convocada para o Ceará uma única vez, em 2012, durante a greve dos policiais militares.

5) Festa ao som de Safadão

Em junho, as imagens de festa “Baile de Favela” na Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal, localizada em Caucaia, ganharam as redes sociais. Nos registros, os presos se divertiam e faziam selfies.

Dois dias depois das primeiras fotos, foi divulgado um vídeo em que os detentos consumiam drogas e álcool edançavam ao som da música “Camarote” do cantor de forró Wesley Safadão.


Presidiários têm acesso livre a celulares. (Foto: Reprodução)

6) Celulares liberados

Desde as rebeliões, mais de mil celulares já foram apreendidos nos presídios no Estado. Somente no dia 11 de julho, 450 celulares foram localizados na unidade prisional Agente Luciano Andrade Lima (CPPL I), em Itaitinga, durante vistoria da Sejus.

As apreensões, no entanto, parecem não surtir efeito. Na segunda-feira (25), foram divulgadas imagens que mostram dezenas de presidiários usando livremente aparelhos celulares no pátio da CPPL II.

7) Presos fora de cela

Desde que as celas nos presídios foram destruídas durante as rebeliões, muitos presos ficaram alojados nos pátios, o que facilitou as fugas posteriores. As mesmas imagens que mostram os presos utilizando livremente os celulares também exibem as estrutura precária de alojamento, com colchões no chão de pátios, varais com roupas e lençóis e águas em garrafas no chão.

De acordo com a Sejus, atualmente, das cinco unidades danificadas, quatro estão em obras. Em algumas delas, os presos já estão recolhidos nas celas novamente, afirma a pasta.

8) Cidade sitiada

Os moradores do município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, tiveram a rotina alterada após a série de rebeliões e fugas registrada no Complexo Penitenciário na cidade. Escolas e comércios chegaram a fechar as portas em razão do medo e insegurança na região.

Informações de que homens estariam invadindo as casas para roubar roupas e alimentos assustaram quem vive no município cercado por unidades prisionais. Até mesmo a Prefeitura decretou o fim do expediente antes do horário habitual, em alguns dias, por receio de crimes.

9) Ataques nas cidades

Ônibus incendiado em um dos ataques em Fortaleza. (Foto: Reprodução)

Com atentados supostamente ordenados de dentro dospresídios, delegacias, prédios públicos, profissionais de segurança e ônibus têm sido alvo de bandidos em cidades como Fortaleza, Sobral e Pacajus. Em julho, a Capital e a Região Metropolitana viveram cinco dias consecutivos de terror, com ônibus incendiados, policiais mortos e alerta geral na Polícia.

Antes mesmo do estopim da crise, os bandidos já ameaçavam autoridades no Estado. Em abril, um carro foi abandonado próximo à Assembleia Legislativa do Ceará carregado com 48 explosivos. Horas após a apreensão dos explosivos, mensagem no Facebook ameaçou deputados e governador, cobrando que lei que bloqueia sinal de celular em presídios fosse vetada.

10) Ameaças ao governador

Com o agravamento da crise, se repetiram episódios de ameaça ao governador do Estado, Camilo Santana. Em abril, ele já havia revelado ser alvo de ameaças em virtude do projeto de lei encaminhado à Assembleia Legislativa sobre os bloqueadores de sinal de telefonia.

Em julho, em uma das tentativas de de incêndio a um ônibus, criminosos deixaram junto ao motorista uma carta ao governador. No papel, eles avisam que, caso policiais não parem de oprimir os detentos dos presídios do Estado, o Ceará se tornará um verdadeiro caos.

Um das demandas mais urgentes é contratação de mais agentes penitenciários. (Foto: Reprodução)

O que fazer?

O Tribuna do Ceará conversou com a promotora de Justiça Camila Gomes Barbosa, presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen), e com o presidente do Sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciário do Estado, Valdemiro Barbosa, sobre o que pode ser feito para amenizar a situação de descontrole do sistema penitenciário.

Ambos são unânimes em destacar a necessidade de o Governo aumentar o número de agentes penitenciários, reconstruir os presídios imediatamente, além de construir novas unidades.

A promotora é enfática em dizer que, caso o Governo não tenha dinheiro para as ações, decrete situação de emergência. “O entendimento do Conselho é de que, se o Governo do Estado não tem condições de reparar o sistema com os elementos humanos e financeiros que temos, que se busque ajuda urgente do governo federal”, ressalta.

O que pode ser feito e o que está sendo feito pelo Governo:

1 – Concurso efetivo para agentes penitenciários

2 – Reforma dos presídios destruídos durante as rebeliões
Segundo a Sejus, quatro das cinco unidades prejudicadas já estão em obras.

3 – Compra de armamentos e munição para os agentes penitenciários

4 – Instalar bloqueadores de sinal de telefonia móvel na área do complexo penitenciário

5 – Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado
No dia 16 de julho, em meio a uma série de atentados a prédios públicos e a agentes penitenciários, o governador Camilo Santana anunciou a criação imediata de combate ao crime organizado. Há informações de que parte dos criminosos agem de dentro dos presídios.

6 – Contrato temporário de agentes penitenciários
No último dia 21, o governador anunciou proposta de contratação de mil agentes penitenciários temporários. As vagas terão contrato de até 12 meses, conforme o Governo do Estado. Falta aprovação na Assembleia Legislativa do Ceará.

7 – Suporte da Polícia Militar
Desde o início da crise, policiais militares têm dado suporte à segurança nos presídios.

8 – Construção de novas unidades penitenciárias e ampliação de celas nas já construídas.

9 – Aprimoramento do atendimento social, jurídico e de saúde

10 – Controle e identificação de cada preso como medida indispensável para a Direção não perder o controle da situação carcerária de cada interno

* Colaborou Jeová Castro, do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Da Tribuna do Ceará

Em reunião, Zé Antonio ouviu de lideranças da oposição em Croatá que a possivel chapa Thomaz Aragão para prefeito e ele para vice está de bom tamanho

em
Em reunião agora a pouco para orientações de conduta na Eleição 2016, o líder VAGALUME Zeantonio Aragao ouviu de seus comandados quase por unanimidade que a chapa majoritária deverá ser homologada na convenção tendo Thomaz Aragão (Prefeito) e Zeantonio Aragão (Vice). A definição ficará para um segundo momento, depois de avaliadas todas as possibilidades.

Com informações de Cyro Leopoldo

Agência do Bradesco é assaltada em Parambu

em

Atualizado as 9h10min

Parambu, no Sertão dos Inhamuns, foi o palco do mais recente ataque a bancos no Estado. Por volta das 2 horas desta quinta-feira, 29, um grupo explodiu dois caixas eletrônicos de uma agência do Bradesco, no Centro do Município. Até o momento, nenhum suspeito foi preso, apesar das buscas realizadas pela Polícia Militar (PM) na região.

As informações são do Destacamento da PM em Parambu. Ainda conforme o relato, cerca de 15 homens participaram da ação. A PM foi acionada pelo sistema de monitoramento do banco, com informações de que quatro homens estavam na agência. No momento em que os policiais sairiam para atender à ocorrência, o prédio do destacamento foi cercado por parte do grupo, que passou a atirar, impedindo a saída deles.

Nenhum policial ficou ferido, no entanto. Durante o ataque, os PMs ouviram as três explosões no banco, relata um agente, que não quis ser identificado. Após a ação, os criminosos fugiram em motos e duas caminhonetes. Eles fugiram em direção ao Piauí, que faz divisa com o Município. As buscas pelos criminosos contam com o reforçode policiais da 1ª Companhia do 13º Batalhão da PM, de Tauá, e do Batahão de Divisas.

O mesmo banco já havia sido alvo de criminosos em junho passado,quando um supervisor administrativo e a família dele foram feitos de reféns por toda a noite. Ele só foi libertado após solicitar acesso ao dinheiro à gerência do banco.

Este foi o 32ª ataque contra bancos registrado neste ano pelo Sindicato dos Bancários.

 Da Redação O POVO Online

Homem morto é jogado em frente ao ambulatório do IJF

em


Corpo foi jogado em uma das entradas do hospital (FOTO: Divulgação)

O corpo de um homem foi jogado de um carro, na tarde desta segunda-feira (25), em frente ao ambulatório do Instituto Doutor José Frota (IJF), localizado no cruzamento das Ruas Senador Pompeu e Antônio Pompeu, no Centro de Fortaleza.

De acordo com a polícia, um carro de cor prata passou em frente ao hospital no início da tarde e jogou o corpo. Apesar disso, não foi encontrado documento de identificação e nem se sabe o motivo do crime. Conforme a Perícia Forense, o homem possuía cinco perfurações de arma de fogo. Com o corpo, foram encontrados R$ 380.


Conforme coronel Martins, chefe de segurança da unidade hospitalar, o corpo já foi retirado do local e ainda não se sabe quem teria cometido o crime. O Instituto Dr. José Frota é o maior hospital de urgência e emergência do Ceará.

Da Tribuna do Cear

Três homens morrem em troca de tiros com policiais em Pacajus, no CE

em
Dois suspeitos de assalto morreram na hora e outro faleceu no hospital. Veículo utilizado pelos policiais foi alvo de vários tiros durante o tiroteio.

Três homens morrem durante troca de tiro com policiais em Pacajus, na Grande Fortaleza (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)Três homens morrem durante troca de tiro com policiais em Pacajus, na Grande Fortaleza (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)


Três suspeitos de assalto morreram durante troca de tiros com policiais na tarde desta segunda-feira (25) em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza. Outros dois foram presos.

Segundo a Secretaria da Segurança e Defesa Social (SSPDS), a ação teve inicio quando a polícia recebeu informações de que vários homens armados estavam em uma residência no bairro Buriti. O grupo estava reunido com o objetivo de cometer crimes na região.

No local foram apreendidos dois revólveres calibre 38 e uma moto com registro de roubo. Os detidos foram conduzidos para a Delegacia Municipal de Pacajus, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de tentativa de homicídio contra os policiais, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa, receptação e resistência.Quando as viaturas chegaram ao endereço informado, os suspeitos reagiram e efetuaram vários disparos contra os policiais. Foram presos Francisco Romildo Andrade (34) e Maria Izabele Marques de Alencar (20), sem antecedentes.

O suspeito Nil Hercules Alves de Sousa, morto em confronto, era foragido da Cadeia Pública de Pacajus, e suspeito de planejar atentado contra uma viatura policial do município do Eusébio.

Do G1 Ceará 

SERRA DA IBIAPABA RECEBE JORNADA INTEGRAÇÃO NESTA QUARTA-FEIRA, 27

em
Buscando detectar os potenciais econômicos e mapear as principais fragilidades de 107 cidades cearenses, a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE) segue com a primeira edição da Jornada Integração, uma agenda de encontros pelo Interior do estado.

O projeto pioneiro e arrojado tem o objetivo de aproximar as 81 CDLs, os 26 Núcleos e os 19.786 associados em reuniões com a presença de lideranças políticas e empresariais, representantes de instituições financeiras e diversas entidades, oportunizando um amplo debate sobre as demandas de cada região.
Para o idealizador do modelo e presidente da Federação das CDLs do Ceará, 

Francisco Freitas Cordeiro, estreitar essa relação entre o poder público, a classe empresarial e a sociedade civil é de fundamental importância para o estado, principalmente em momentos delicados como o atual.

“Já enfrentamos crises financeiras como essa e, por isso, vamos superar. Na verdade, no segundo semestre do ano, o setor já está experimentando essa superação com a injeção da parcela do décimo terceiro. Além disso, a vocação turística do nosso estado precisa ser trabalhada e otimizada”, avalia com otimismo.

Região Serra da Ibiapaba

Nesta quarta-feira, dia 27 de julho, a Jornada Integração desembarca pela manhã na cidade de Graça. De lá, a equipe segue para Guaraciaba do Norte, Croatá, Tianguá, Viçosa do Ceará, Ubajara e São Benedito – reunião da Base.

Para o presidente da CDL de São Benedito e diretor da FCDL, Denis Brito, a Jornada Integração irá incentivar o crescimento do comércio na Serra da Ibiapaba. “Com esse trabalho, a Federação está cumprindo a importante missão de encorajar o comércio a partir da busca de soluções para as demandas que serão apresentadas durante as reuniões”, assegura.

Mapa da Jornada

Em outubro, a equipe da Federação, acompanhada por uma consultoria da Faculdade CDL, responsável pelo embasamento acadêmico do relatório final, passará ainda pela região Metropolitana, formada por 14 cidades.

Ao fim do projeto, as informações colhidas durante as visitas itinerantes subsidiarão um documento que será encaminhado ao Governo do Estado e demais órgãos competentes, para providenciar a elaboração de soluções.

O encerramento da Jornada Integração, previsto para os dias 18 e 19 de novembro, acontece no Encontro de Líderes, que terá como sede a Federação das CDLs do Ceará.

Serviço

Jornada da Integração – Base Serra da Ibiapaba

Dia 27 de julho – Graça, às 11h30 (Balneário Caratininga - Av. Raimundo da Cunha Brito, S/N - Zona Rural), e Guaraciaba do Norte, às 19h (Câmara Municipal - Rodovia Deputado José Maria Melo - Monteiro).

Dia 28 de julho – Croatá, às 7h30 (Instituto M-Educar – Av. Parque Norte S/N – Centro) e Tianguá, às 19h (Auditório do Instituto Educacional de Tianguá – Praça Monsenhor Macedo, 60).

Dia 29 de julho – Viçosa do Ceará, às 7h30 (Memorial Clóvis Beviláqua – Rua Dr. Omar de Paiva - Centro), Ubajara, às 11h30 (Castelo Club - Rua Tenente Ramiro de Sousa, 390 - Monte Castelo), e São Benedito - Reunião da Base, às 19h.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Eugênia Nogueira (85)9 9989-3913

Tel: (85)3252-5401 / 9 8699-1783 (Oi)

www.degage.com.br

t: @degage_imprensa / f: degageassessoria




Polícia investiga assalto próximo à casa da família de Wesley Safadão

em
Polícia investiga assalto próximo à casa da família de Wesley Safadão (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)Polícia investiga assalto próximo à casa da família de Wesley Safadão (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)











A polícia abriu uma investigação para apurar uma ocorrência registrada próximo à casa da família do cantor Wesley Safadão, na noite da última sexta-feira (22), no Bairro Serrinha, em Fortaleza. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o caso foi de uma ocorrência de lesão corporal à bala, mas as primeiras informações são contraditórias sobre um assalto na rua.
Testemunhas disseram que dois ladrões foram mortos por seguranças depois de roubar celular e dinheiro de um morador. Não se sabe se esse morador é amigo ou parente da família do cantor. A SSPDS não confirma as mortes. Por meio de uma nota, divulgou que um homem, de 18 anos, sem antecedentes criminais, levou um tiro, na rua na Serrinha.

O caso aconteceu por volta das 20 horas de sexta feira. No local, a parede tem marcas de tiros. Os disparos foram feitos a poucos metros da casa e do escritório da família de Wesley Safadão.
Na ocasião, o homem de 18 anos estava em uma motocicleta de cor azul e foi socorrido por populares ao Frotinha da Parangaba, sem risco de morte.

A secretaria disse que a ocorrência foi registrada na Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) com informações de que suspeitos haviam tentado invadir uma residência no local. As investigações continuam.

A assessoria de Wesley Safadão disse, por telefone, que não houve tentativa de invasão ou assalto na casa da família. Os pais do cantor moram na Serrinha. Segundo a assessoria, também não houve envolvimento de seguranças da casa com o roubo na rua e com os tiros.
G1 CEARÁ
.

Ubajara: agricultor morre após ser picado por cobra no CE; hospital não tinha soro

em

Risco de ataque aumenta neste período em que cobras se reproduzem. Secretaria disse que 250 ampolas de soro serão distribuídas no estado.


Um agricultor de 64 anos morreu após ser picado por cobra em Ubajara, na Região da Ibiapaba, no Ceará. Ele foi encaminhado para o Hospital Municipal de Ubajara, mas na unidade não havia soro antibotrópico, específico para combater o veneno da jararaca. O homem foi transferido para outra unidade em Sobral, mas não resistiu. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) informou que 250 ampolas de soro serão distribuídas na capital e no interior.

Antonio Mendes da Silva limpava um terreno perto de onde morava quando foi picado pelo animal. Ele conseguiu matar a jararaca antes de ser socorrido pela esposa e pelo genro. “Quando ele gritou, a esposa ouviu e correu, ajudou a matar a cobra e me chamou. Eu corri e quando cheguei, ele já tava passando mal e fui chamar o socorro", contou o genro.

Primeiro Antonio foi levado para o Hospital Municipal de Ubajara, mas na unidade não havia o soro. O homem foi, então, transferido para a Santa Casa de Sobral, onde morreu quase 24 horas depois. A família acredita que se o agricultor tivesse sido encaminhado para Fortaleza teria sobrevivido.
Segundo agricultores da região, nessa época do ano aumenta o risco de ataque de cobra, já que este é o período em que elas se reproduzem.O genro da dona de casa Leoneide Pereira também foi picado por uma cobra há pouco mais de um mês, mas encontrou o soro em Tianguá.
A falta de soro para combater o veneno de cobra nos hospitais do interior do estado preocupa, principalmente quem trabalha no campo.

Soro
A Sesa reconhece a falta de soro nas unidades citadas e informou que a partir de hoje vão ser distribuídas 250 doses de soro às unidades de saúde, sendo 125 para o Centro de Assistência Toxicológica (Ceatox) no IJF, 25 para cada macrorregião: Norte, Cariri, Sertão Central, Limoeiro e Fortaleza.

A secretaria reforça que pacientes sejam encaminhados ao Hospital Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza, caso falte o soro.
G1 CEARÁ

GUARACIABA: CONFIRMADA MORTE DE VÍTIMA DE ACIDENTE NO SÍTIO PICADINHA

em
A Redação do PLUGNEWS acaba de receber a confirmação da morte de Cícero Vítor da Silva de 30 anos, morador do bairro Fanucão e popularmente conhecido como Nino. Ele foi uma das vítimas do acidente de uma colisão entre duas motos (reveja a matéria). 



A informação repassada era a de que o estado de saúde dele era o maias grave entre as vítimas por conta da perda de massa encefálica. A morte prematura já está sendo lamentada por várias pessoas nas redes sociais.

Nino era atleta de jiu jitsu e muito querido por todos. O corpo deverá passar pelo IML de Sobral e depois será liberado para velório e sepultamento.

Do PlugNews 


GUARACIABA: PARTIDOS DE OPOSIÇÃO LANÇAM EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA CONVENÇÃO

em
Os Partidos Políticos que deverão apoiar a chapa majoritária Adail/Egberto FH na eleição municipal 2016 em Guaraciaba do Norte lançaram todos, no dia de hoje, seus Editais de Convocação para Convenção Municipal.



A convenção conjunta do PMDB, PROS, PSDB, PRB, PSB, DEM, PT do B, PP e PV, será no sábado, dia 30 de julho de 2016, das 19h30 às 22h no Fénix Clube, localizado na Rua Capitão Ferreira, Centro de Guaraciaba do Norte.

A descrição é a seguinte:
I - Os membros titulares e suplentes do Diretório Municipal;
II - Os parlamentares do partido com domicílio eleitoral no município;
III - Os delegados titulares e suplentes eleitos por pelas Convenções Municipais;
IV - Os membros do Diretório Estadual com domicílio no município;

Segundo os editais, a ordem do dia será a seguinte:
1 - Deliberação sobre coligações partidárias;
2 - Escolha de candidatos a prefeito e vice-prefeito;
3 - Escolha de candidatos a vereador;
4 - Outros assuntos correlatos

Os partidos informam ainda que disponibilizarão carros para viabilizar o transporte dos convencionais, filiados e simpatizantes para colaborar com as decisões a serem tomadas na oportunidade.

Do PlugNews

Russomanno lidera com 25% disputa por Prefeitura de SP, diz Datafolha

em
Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (15) pelo jornal "Folha de S. Paulo" aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Prefeitura de São Paulo:
- Celso Russomanno (PRB) - 25%
- Marta Suplicy (PMDB) - 16%
- Luiza Erundina (PSOL) - 10%
- Fernando Haddad (PT) - 8%
- João Doria (PSDB) - 6%
- Marco Feliciano (PSC) - 4%
- Andrea Matarazzo (PSD) - 3%
- Major Olímpio (SD) - 2%
- Levy Fidelix (PRTB) - 2%
- Ricardo Young (Rede) - 1%
- Marlene Campos Machado (PTB) - 1%
- Branco/nulo - 19%
- Não sabe/não respondeu - 4%
O Datafolha fez também um outro cenário sem o deputado federal Celso Russomanno. Ele pode ser impedido de concorrer caso o Supremo Tribunal Federal (STF) confirme condenação por peculato (desvio de verba pública). Esse cenário tem os seguintes percentuais de intenção de voto:
- Marta Suplicy  - 21%
- Luiza Erundina - 13%
- Fernando Haddad - 11%
- João Doria - 7%
- Marco Feliciano - 5%
- Andrea Matarazzo - 5%
- Major Olímpio - 3%
- Levy Fidelix - 3%
- Marlene Campos Machado - 2%
- Ricardo Young - 1%
- Branco/nulo - 25%
- Não sabe/não respondeu - 5%
O Datafolha ouviu 1.092 eleitores entre a terça-feira (12) e a quarta-feira (13), e os percentuais registrados se referem a respostas estimuladas (em que as opções de candidatos são apresentadas aos eleitores).
A margem de erro máxima é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) com o número SP-02963/2016.
Todos os políticos listados são pré-candidatos. As convenções partidárias só são permitidas a partir de 20 de julho. Os candidatos precisam ser registrados até o dia 15 de agosto.
Segundo turno
A pesquisa traz também simulações de segundo turno.
Cenário 1:
- Russomanno - 58% 
- Doria -18%
Cenário 2:
- Russomanno - 58%
- Haddad -19%
Cenário 3:
- Russomanno - 54%
- Erundina - 29%
Cenário 4:
- Russomanno - 48%
- Marta - 31%
Cenário 5:
- Doria - 34%
- Haddad - 30%
Cenário 6:
- Marta - 48%
- Doria - 24%
Cenário 7: 
- Marta - 44%
- Haddad -24%
Cenário 8:
- Erundina - 44%
- Doria - 24%
Cenário 9:
- Marta - 39%
- Erundina - 33%
Cenário 10:
- Erundina - 42%
- Haddad - 25% 

Avaliação da administração Haddad
Na mesma pesquisa, os eleitores também responderam sobre a avaliação da administração do prefeito Fernando Haddad. Veja os números:
- Ruim/péssima - 48%
- Regular - 35%
- Ótima/boa - 14%
- Não opinaram - 2%
Os índices são parecidos aos da pesquisa anterior feita pelo Datafolha, em novembro de 2015. Na ocasião, a aprovação era de 15%, e a reprovação, de 49%.
A nota média da gestão Haddad é de 3,9, em uma escala de 0 a 10. Já a nota para a cidade de São Paulo de forma geral é 5,7.
Em outra abordagem, 45% dos paulistanos se dizem um pouco satisfeitos por morar em São Paulo, 31% nada satisfeitos e 24% muito satisfeitos.
Do G1

Convenções partidárias têm início nesta quarta-feira no país

em
As convenções partidárias que irão definir os candidatos a vereador e a prefeito dos 5.570 municípios do país têm início nesta quarta-feira (20). Elas devem ocorrer até o dia 5 de agosto. Vários partidos em cidades espalhadas pelo Brasil marcaram sua convenção já para este primeiro dia do prazo.
Durante o período, os partidos se reúnem para decidir também as coligações a serem formadas para o pleito deste ano.
A partir desta quarta, os partidos e candidatos já poderão formalizar contratos que gerem despesas e gastos com a instalação física e virtual de seus comitês de campanha.
Os gastos, no entanto, só serão efetivados após a Justiça Eleitoral receber o CNPJ, a conta bancária específica para a movimentação financeira de campanha e os recibos eleitorais.
Os candidatos poderão gastar um valor limitado a cada município. O TSE divulga também nesta quarta-feira o teto para cada cidade do Brasil.
Processos eleitorais
A Lei das Eleições também determina que a partir desta quarta os processos eleitorais tenham prioridade de tramitação e julgamento em relação aos demais. São exceção apenas os habeas corpus e mandados de segurança.
A lei estabelece que juízes e promotores, a partir dessa data, não podem deixar de cumprir os prazos definidos. O descumprimento constitui crime de responsabilidade e é objeto de anotação funcional para efeito de promoção na carreira.
Além das polícias judiciárias, os órgãos da Receita federal, estadual e municipal, os tribunais e órgãos de Contas auxiliarão a Justiça Eleitoral na apuração dos delitos eleitorais, com prioridade sobre suas atribuições regulares.

Sistema e enquetes
Também estará disponível nesta quarta o download, no site do TSE, do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE). A ferramenta deve ser utilizada por candidatos e partidos políticos para registrar a movimentação financeira da campanha e gerar a prestação de contas eleitoral.
Já as enquetes referentes ao processo eleitoral estão proibidas. Segundo a definição, enquete é a simples coleta de opiniões de eleitores sem nenhum controle de amostra e sem a utilização de método científico para sua realização. Esse tipo de consulta depende apenas da participação espontânea do interessado.
Já a pesquisa eleitoral, que está permitida e deve ser registrada, requer dados estatísticos realizados junto a uma parcela da população de eleitores, com o objetivo de comparar a preferência e a intenção de voto a respeito dos candidatos que disputam determinada eleição.
A divulgação de enquetes e sondagens em desacordo com as regras previstas na legislação eleitoral pode ser punida com o pagamento de multa, que varia de R$ 53 a R$ 106 mil.
Do G1 São Paulo

CCJ aprova novo parecer favorável à cassação de Cunha; deputado recorrerá ao STF

em
cunha3
Após a rejeição do recurso do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara contra a processo no Conselho de Ética que autorizou a cassação do mandato do parlamentar, o colegiado aprovou, por 40 a 11, um novo relatório a ser encaminhado ao plenário da Câmara. O documento pede a cassação de Cunha. Na última manifestação no colegiado, o deputado afirmou que recorrerá ao Supremo Tribunal Federal (STF).
Com a rejeição do parecer do relator do recurso de Cunha na CCJ, Ronaldo Fonseca (PROS-DF), poucas horas antes, a comissão precisou votar um novo relatório que pudesse ser encaminhado ao plenário, desta vez, aprovando todos os procedimentos adotados no Conselho de Ética.
O presidente da CCJ, Osmar Serraglio (PMDB-BA), designou Max Filho (PSDB-ES) como relator substituto. Ele disse ter acolhido manifestação de mais da metade dos 66 membros da comissão em favor do tucano como novo relator.
Aliados de Cunha tentaram, sem sucesso, ganhar tempo ao contestar a escolha do relator substituto e pressionar para que a votação do novo parecer ocorresse somente em agosto.
Max Filho, que já tinha um novo relatório pronto, baseado em um voto em separado apresentado pelo deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), leu seu parecer na comissão antes de uma nova defesa de Cunha.
“Preferiram a solução que fosse mais rápida e não a correta. Evidentemente que vou arguir a nulidade disso no Supremo Tribunal Federal, evidentemente que estão me dando cada vez razões maiores para isso”, afirmou Cunha.
Votação em plenário
Escolhido nesta quinta-feira (14) novo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse pouco após sua eleição que a votação final sobre a cassação de Cunha ocorrerá quando houver quórum significativo após a volta do recesso parlamentar, que começa na segunda-feira (18) e segue até o dia 3 de agosto.
Parlamentares favoráveis e contrários a Cunha avaliam que será muito difícil reverter a cassação no plenário, uma vez que o voto será aberto.
Cunha é acusado de mentir na Comissão Parlamentar de Inquérido (CPI) da Petrobras ao negar ter contas na Suíça. Em outubro do ano passado, o Ministério Público Federal (MPF) colheu provas junto às autoridades suíças de que Cunha possui três contas em bancos do país europeu. O ex-presidente da Câmara nega a titularidade das contas e diz ter apenas “omitido intencionalmente” a existência de trusts (figuras jurídicas que administram recursos de beneficiários) em seu benefício.
Fonte: Agência Brasil

Estado de MG desvia R$ 62 mi de verba ambiental para consórcio do Mineirão

em


O Governo do Estado de Minas Gerais desviou R$ 63 milhões de um fundo voltado para a fiscalização ambiental da atividade de empresas mineradoras que atuam em seu território para bancar o lucro contábil das empreiteiras que reformaram e administram o estádio do Mineirão, no ano orçamentário de 2013, em ato que foi considerado irregular pelo TCE-MG (Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais).

O repasse foi feito pela administração do então governador e atual senador Antonio Anastasia (PSDB). Em nota, o PSDB-MG afirma não ter cometido qualquer ilegalidade, e diz também ter interrompido a prática considerada irregular após ter sido alertado pela corte de contas (leia mais abaixo).

O dinheiro que deveria ter sido investido em causas ambientais, mas que foi canalizado para a administração de um estádio, é oriundo da cobrança da CFEM, ou Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais, tributo previsto na Constituição Federal que é revertido a Estados onde existem atividades de mineração.
Ele é pago por empresas mineradoras e, segundo a lei, deve ser revertido à recuperação do meio ambiente ou para o desenvolvimento de fiscalização e infraestrutura das cidades que abrigam empresas mineradoras. É o caso, por exemplo, do município mineiro de Mariana (110 km de Belo Horizonte), palco da catástrofe ambiental gerada pelo rompimento da barragem de resíduos da mineradora Samarco, em novembro do ano passado.

Como TCE-MG vê uso errado da verba

No caso em questão, o dinheiro deste imposto serviu de pagamento para o consórcio Minas Arena, composto pelas empreiteiras Construcap, Engesa e Hap Engenharia, que reformou e administra o Mineirão, por força de um contrato de 27 anos de duração, assinado pelo governo mineiro com as construtoras.

Relatório do TCE-MG referente às contas do Estado mineiro de 2013 apontou a irregularidade e determinou que os repasses indevidos deixassem de acontecer. Tal documento veio à tona na última terça-feira (12), quando foi apresentado à CPI do Futebol na Câmara dos Deputados pelo deputado estadual mineiro Iran Barbosa (PMDB).

O Estado de Minas autorizou créditos da ordem de R$ 131,690 milhões advindos do CFEM para pagar as empreiteiras do Mineirão. Deste montante, R$ 63 milhões foram efetivamente pagos para as empreiteiras até agora. O contrato assinado entre governo de Minas e empreiteiras garante que, caso a operação do estádio não seja lucrativa para as empreiteiras a cada ano, o Estado se incumbe de repassar verbas públicas para o consórcio, a fim de garantir seu lucro mínimo. Foi visando garantir este lucro das empreiteiras que o governo desviou as verbas ambientais em 2013.

Tal repasse foi feito porque o Executivo de MG não encontrou outra fonte de recursos para pagar as construtoras contratadas para executar a obra no Mineirão e, por força contratual, não poderia deixar de arcar com este compromisso com as empreiteiras (duas delas, aliás – a Construcap e a Engesa – são investigadas na Operação Lava a Jato, sendo que a primeira está com seus principais executivos na cadeia, por ordem do juiz federal Sérgio Moro).

É que o contrato assinado em 2010 pelo governo mineiro também prevê:



Quer dizer: no caso de o Estado não ter dinheiro para pagar todos os seus compromissos financeiros, o pagamento das empreiteiras é prioritário, e deve inclusive constar na lei orçamentária anual, não importando de onde o ente público irá retirar recursos para efetuar este pagamento.

Assim, em 2013, o governo mineiro achou por bem tirar R$ 63 milhões das verbas ambientais de que dispunha para que o consórcio Minas Arena não ficasse sem seu lucro administrando o Mineirão. Então, de acordo com o Sistema de Informações Gerenciais e de Planejamento (Sigplan), o Estado fez uso desses recursos entre março e junho e em dezembro de 2013 para arcar com essa obrigação. Fora isso o Ministério Público de Minas Gerais investiga indícios de uma fraude contábil perpetrada pelas empresas para aumentar ainda mais os repasses devidos pelo Estado.

Os R$ 63 milhões desviados da CFEM representam mais de 40% dos recursos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente(Semad) disponíveis para investimento naquele ano de 2013.

MAIS IRREGULARIDADES



Em nota recebida pelo UOL Esporte e disponibilizada a órgãos de imprensa na última quarta-feira, o diretório estadual de MG do PSDB afirma que não cometeu nenhuma ilegalidade ao realocar os recursos originalmente previstos para investimentos ambientais.

“De acordo com a Lei 7.990/79 (art 8º), os recursos da CFEM não poderão ser aplicados apenas em ‘pagamento de dívida ou no quadro permanente de pessoal. As contas do Estado foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado e referendadas pela Assembleia Legislativa. Na época, o Tribunal apenas recomendou que o Estado cessasse o pagamento da contraprestação à Minas Arena com recursos da CFEM – o que foi feito”.

Já um laudo técnico técnico proferido pelo TCE-MG afirma: “É expressamente vedada a utilização da CFEM para pagamento de pessoal e dívida (grifo da reportagem, destacando o caso em questão).”

O atual governo de Minas Gerais, do governador Fernando Pimentel (PT), informou: “Eventuais irregularidades ocorridas em 2013, durante o governo de Antonio Anastasia, estão sob análise da Controladoria-Geral do Estado (CGE), a partir de um processo de apuração interno iniciado em novembro de 2015. Os trabalhos estão em andamento e, tão logo concluídos, o relatório será remetido aos órgãos responsáveis e disponibilizado no site da CGE”.

A concessionária Minas Arena, por sua vez, também em nota fornecida a órgãos de imprensa, disse: “A Minas Arena não tem condições de indicar a origem dos recursos utilizados pelo Estado de Minas Gerais para o pagamento de contraprestações públicas, uma vez que o contrato (que assinou com o Estado) não realiza tal vinculação e a concessionária não interfere nos processos internos de pagamento do poder público”.

Do O Estado